Skip to content

02/07/2018 Notícia

ALINHAMENTO E BALANCEAMENTO: QUANDO FAZER?

Total

Ligados diretamente ao funcionamento das rodas, o balanceamento e alinhamento são serviços da manutenção preventiva, e indispensáveis para a segurança e o bem-estar do motorista e dos demais ocupantes de um veículo. Embora a quilometragem seja muito importante na hora de passar na revisão, caso o motorista passe por buracos, ou tenha batido a roda no meio fio, o ideal é consultar um profissional.

O que é o alinhamento? Quando deve ser feito?

Na configuração de fábrica, o carro é desenvolvido para manter as rodas alinhadas, em paralelo, quando estão em uma pista reta. Contudo, com o passar do tempo e do uso, as rodas podem se desgastar de forma desigual, o que acaba desalinhando o veículo.

O motorista pode perceber isso com um teste simples: Andar em uma velocidade baixa, de 20km ou 30km em uma rua deserta. Largue o volante, e veja se o carro irá pender para algum dos lados. Caso isso aconteça. Está na hora do motorista visitar um mecânico.

Como o próprio nome já indica, o serviço de alinhamento serve para deixar as rodas em linha reta. Hoje em dia, o trabalho é feito com equipamentos precisos, como softwares de medição 3D, que mostram exatamente se há convergência (rodas apontando para dentro) ou divergência (rodas apontando para fora). O objetivo de se realizar o alinhamento é que não haja desvio lateral das rodas em pista reta. Desta maneira o ângulo deve marcar 0°, em uma situação ideal. Vale ressaltar que o alinhamento deve ser realizado nas quatro rodas, e caso haja alguma roda torta, esta precisa ser arrumada primeiro para depois passar pelo alinhamento.

E quando falamos de alinhamento em motos, não existem muitas diferenças. As motos também podem sofrer com o desalinhamento em função de aros amassados, raios frouxos, desgaste prematuro de rolamentos e pneus, entre outros. Neste caso, também é de extrema importância que a manutenção seja feita por profissionais especializados e seguindo a recomendação do fabricante. 

O que é balanceamento? Quando deve ser feito?

O balanceamento diz respeito ao equilíbrio do conjunto roda e pneu. Na oficina, uma máquina mede a massa desse conjunto em movimento. O ideal é que o peso se distribua de maneira uniforme em toda a roda. Quando isso não ocorre, são colocados pequenos contrapesos de chumbo em determinada parte da roda, a fim de equilibrar todo o conjunto. Um dos principais sinais para saber se o seu carro está desbalanceado é quando começam a surgir trepidações no volante, especialmente em velocidades acima de 50km/h. Com o atrito entre as rodas e o asfalto não é algo uniforme, o desgaste dos pneus pode ser irregular, havendo risco de perder a estabilidade. Ao colocar pneus novos, também é interessante fazer o balanceamento para que o conjunto se equilibre e, assim, a vida útil dos compostos de borracha seja estendida.

Para entender a frequência com a qual deve ser feito o balanceamento, basta consultar o manual do proprietário. Lá você encontrará as recomendações quanto ao prazo ou quilometragem para providenciar tais serviços. Todavia, como dito anteriormente, caso o seu veículo sofra algum acidente, ou tenha um forte atrito com buracos e asfaltos desregulares, o melhor é levá-lo a um profissional antes do prazo indicado pela fábrica.

Já, no caso das motos, não existe um período fixo determinado para realizar essa manutenção. Sendo assim, além de sinais como de uma leve trepidação da direção ou dificuldade para executar curvas, o piloto deverá estar atento à condição dos pneus. Isso porque ocorrendo um desgaste irregular, é possível que seja em função do desbalanceamento. E, em caso de queda ou na hora de trocar os pneus, também é recomendado realizar o serviço. Lembrando que existem duas formas de realizar o balanceamento da sua moto: o estático e o dinâmico. Confira mais:

Balanceamento Estático 

Nele, todos os ajustes da moto serão feitos de maneira manual pelo mecânico. É um serviço de menor precisão, mas muito usado nas competições automotivas por ser mais “personalizável”, deixando a direção de acordo com o gosto de quem pilota.

Balanceamento Dinâmico 

Nesse outro tipo de ajuste a moto é analisada por meio de computadores com scanners e outros medidores para, depois, ser corrigida manualmente. É um serviço de maior precisão e durabilidade. 

Outros cuidados indicados a tomar com as rodas e pneus

Além dos serviços de alinhamento e balanceamento, há outros cuidados que devem ser tomados, como a realização da cambagem e a calibração correta dos pneus. Entenda:

Cambagem

Se o alinhamento trata da inclinação lateral do conjunto, a cambagem diz respeito à oscilação vertical. Nesse caso, quando há um desvio, a banda de rodagem não fica plana no chão, mas inclinada. Logo, uma das bordas do pneu se desgasta mais que a outra.

Falando mais abertamente, imagine se você está na frente do carro. As rodas farão um ângulo de 90 graus com o chão. Entretanto, se há desvio, o conjunto de roda e pneu ficará inclinado, seja para dentro ou para fora. Nos carros mais novos do mercado, esse desvio só será notado com máquinas especializadas, já nos mais antigos isso pode ser enxergado a olho nu.

Rodízio

Além da cambagem e da calibragem, mais um serviço de manutenção preventiva do conjunto roda + pneu é o rodízio, buscando um desgaste uniforme dos compostos de borracha. No rodízio, geralmente troca-se os pneus da frente pelos de trás e vice-versa. Também é possível realizar essa troca no formato X, mas sempre recorde-se de seguir as instruções do fabricante antes, ok?

Para finalizar nossa conversa, além do balanceamento e alinhamento, há outras preocupações quando falamos sobre os pneus e rodas de nossos carros. Fique sempre atento às normas de segurança exigidas pelo fabricante. Caso ocorra negligência, tanto você como os outros podem sofrer as consequências. Todos contribuindo, teremos cada vez menos riscos nas pistas e estradas.

Total Brasil sempre garantindo a máxima eficiência 

Agora, não se esqueça também de verificar o seu motor. Para que não haja nenhum contratempo, confie nos óleos da Total Brasil. Garantimos qualidade e excelência em nossos produtos, para você não ter nenhum problema ou dor de cabeça. Consulte nosso catálogo em: http://catalogo.totalbr.com.br/portuguese-br/