Skip to content

23/06/2018 Notícia

QUAIS SÃO OS COMPONENTES DO SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO?

Total

O sistema de lubrificação existe com o intuito de garantir que todas as peças móveis funcionem perfeitamente. Caso alguma dessas peças tenha contato umas com as outras, elas podem gerar um grande desgaste e superaquecimento, prejudicando assim, o veículo.

Para a circulação do óleo, o sistema precisa de alguns componentes. Cada qual com sua devida função. Uns controlam a pressão exercida no sistema, outros fazem a filtragem de maneira com que haja a lubrificação adequada em todas as áreas de atrito.Os componentes do sistema são bem simples e fáceis de serem entendidos, desta formairemos listar os principais que influenciam no funcionamento adequado do sistema.

Bomba de óleo:

A bomba de óleo tem um papel importantíssimo no sistema, ela dá vazão ao óleo lubrificante para percorrer o sistema e lubrificar todos os componentes móveis do motor. A bomba se encontra no eixo central, movimentando as palhetas, estas que formam uma hélice, impulsionando o lubrificante para o sistema. Dentro da bomba se encontra alguns canais para o direcionamento do óleo, junto com uma válvula de alívio de pressão, esta mantém o constante fluido de óleo.

Pescador de óleo: 

Ligado à bomba está o pescador de óleo, que vai até o cárter com o objetivo de coletar o óleo que está ali depositado. No fim do pescador há uma parte do filtro, mais conhecida como “peneira”.

Interruptor de pressão de óleo:

Dispositivo do motor que permite avisar ao condutor, através de sinal de alerta ou sonoro, as vezes os 2. Para alerta de eventual queda de pressão de óleo, que por consequência, poderia causar deficiência no sistema de lubrificação.Conheça aqui os mitos e verdades sobre a troca de óleo.

Cárter do motor: 

O cárter está localizado na parte inferior do motor, e é feito de liga metálica onde acumula o óleo lubrificante. Ele tem como função mantercerto nível de óleo para garantir a lubrificação de todo o motor e o sistema de lubrificação.  Todo sistema depende de uma quantidade de óleo para funcionar, variando de acordo com o tamanho do motor. Para grandes embarcações, como navios de grande porte, o sistema pode conter até 500 litros de óleo lubrificante. 

Filtro de óleo:

O filtro de óleo lubrificante é uma peça que exige constante troca, esta que deve ser realizada a cada substituição de óleo. Contando com uma válvula reguladora de pressão e um canal interno, o óleo que chega ao papel do filtro sai puro pelo outro canal, sendo direcionado aos dutos do bloco que são impulsionados pela bomba.

Por fim, vamos citar um dos componentes mais importantes para que todo o motor e, consequentemente, todo o carro funcione: um bom óleo lubrificante. Sem a qualidade certa e necessária, seu motor pode acabar fundindo, resultando em problemas maiores. Por isso, a Total investe em pesquisa e desenvolvimento para produzir óleos lubrificantes de alta qualidade e desempenho que atendem às exigências das principais montadoras.

Conheça aqui a linha de óleos lubrificantes automotivos da Total.