Skip to content

23/07/2019 Notícia

O que é e como funciona a embreagem?

Entenda em 5 passos como funciona a embreagem e como  usá-la da melhor forma.

Você, com certeza, aprendeu que a embreagem tem um papel fundamental no veículo. Mas sabe exatamente porque esse componente é tão importante? Neste artigo vamos falar em 5 passos sobre como funciona a embreagem e como usá-la da melhor maneira. Confira o que separamos!

Como funciona a embreagem?

Apesar de bastante conhecida nem todos entendem ao certo como esta peça funciona. A embreagem faz parte do sistema de transmissão do veículo, e é responsável por transferir a força para a caixa de câmbio. Em função dela, a troca de velocidades do câmbio é feita de forma mais branda, reduzindo significativamente o desgaste entre a caixa de câmbio e o motor. Localizada entre o volante do motor e a caixa de câmbio, a embreagem é composta por três peças principais: o disco, o platô e o rolamento.

 

Entenda em 5 passos como funciona a embreagem e como  usá-la da melhor forma.

Qual sua utilidade?

Como citamos anteriormente, a embreagem é composta por três partes e esse conjunto é responsável por manter o movimento do veículo controlado, além de facilitar a mudança de velocidade por meio do engate das marchas, tudo isso sem danificar a transmissão.
O platô é parafusado no volante do motor, enquanto o disco é conectado ao eixo principal do câmbio. Já o rolamento tem a função de acionar o sistema e todos eles em conjunto coordenam a transferência do movimento que chega às rodas.

De que maneira é utilizada?

Assim como o motor em si, a embreagem é um componente fundamental! Ela garante o funcionamento correto do veículo e faz com que você se locomova sem quaisquer complicações. Em automóveis de passeio comum, basta pisar na embreagem para que saia da inércia com o automóvel, realizar frenagens, trocas de marcha, estacionar, entre outros. 
Soltar o pedal suavemente após engatar a primeira marcha evita o desgaste prematuro do disco. Também é importante utilizar a embreagem somente em situações necessárias, como para as passagens de marcha. Não esqueça que, assim como todas as outras partes de seu carro, o importante é utilizá-lo sem fazer com que o sistema sobrecarregue a ponto de prejudicar seu funcionamento.

Quais problemas podem surgir?

De uma maneira geral, o conjunto da embreagem de um automóvel dura entre 40 e 60 mil quilômetros. Entretanto, essa estimativa pode variar de acordo com o estilo de condução do motorista. O mau uso da embreagem de seu veículo causa desgaste excessivo em suas peças, levando a trocas prematuras de seus componentes. Entre os problemas mais comuns que ocorrem na embreagem estão a perda de potência do automóvel, pedal rígido em função de defeito nas molas do conjunto, desgaste excessivo das peças, contaminação pelo material de atrito do disco, dificuldade para desacoplar o motor do câmbio com eficiência, entre outros. 

O que pode aumentar sua vida útil?

Para aumentar a vida útil da embreagem, não deixe de lado a manutenção preventiva de seu veículo. Siga corretamente as indicações do fabricante quanto às vistorias e produtos a serem utilizados nas peças. Mas, principalmente, preste atenção nos seguintes pontos:

  • Evite ficar com o carro engatado enquanto estiver parado;
  • Faça trocas de marchas de acordo com a necessidade do veículo;
  • Na hora de reduzir a marcha, reduza uma por vez sem pular; 
  • Não controle o carro parado em descida pela embreagem.

Agora você já pode dizer que sabe tudo sobre como funciona a embreagem? Então continue acompanhando nossos conteúdos aqui no blog e lembre que sempre pode contar a TOTAL para garantir o melhor desempenho do seu veículo!
 

É o Rafa!

Rafael Carvalho
Técnico Total Brasil

  • Técnico em automobilística
  • Engenheiro Mecânico
  • Pós Graduado em motores de combustão Interna